Olá, seja bem vindo ao site da Prefeitura Municipal de Flórida Paulista, quarta, 16 de agosto de 2017.

Projeto Universidade do Futebol será implantado pelo Poder Judiciário em parceria com a Prefeitura

de 27/07/2017
Projeto Universidade do Futebol será implantado pelo Poder Judiciário em parceria com a Prefeitura

Em conversa com a nossa reportagem, a juíza de direito do Fórum da comarca de Flórida Paulista Dra. Clarissa Somenson Tauk anunciou a implantação do Projeto “Universidade do Futebol” no município em uma parceria do Poder Judiciário com a Prefeitura Municipal. Os trabalhos de implantação do projeto já caminham para a fase final devendo em breve ser anunciado o seu início com um lançamento que deverá envolver a comunidade, autoridades e demais convidados.“Tivemos uma reunião muito proveitosa com o prefeito Wilson Fróio Júnior e tratamos a respeito da implantação do projeto na cidade visando garantir novos horizontes e expectativas para as crianças e adolescentes. Ele se comprometeu em ser parceiro do Poder Judiciário, o que me deixou muito otimista”, comentou a juíza que também é responsável pela Vara da Infância e Juventude. Dra. Clarissa disse ainda que o que motivou a implantação do projeto foi primeiro o interesse do Poder Judiciário em estar em sintonia com a comunidade através da prática esportiva visando proporcionar para as crianças e adolescentes oportunidades que as mantenham longe das drogas, violências bem como envolvimento destes com outros tipos de ilícitos. “É um trabalho que venho montando há meses e que está prestes a se tornar realidade. Estive conhecendo o projeto que já é desenvolvido em outras cidades e fiquei encantada com o progresso alcançado com as crianças e adolescentes através do trabalho socioeducativo”, destaca a magistrada. O projeto desenvolvido pelo ex-jogador do São Paulo, Adriano Codorninha e o irmão Juliano – popular Tico que é ex-treinador do extinto OPEC de Presidente Prudente tem a finalidade da inclusão social da criança e do adolescente através da pratica do esporte em parceria com os poderes Executivo e Judiciário. Para fazer parte será necessário que as crianças e adolescentes tenham boas notas na escola, frequência e outros requisitos que estabelecerão a permanência no projeto. Os menores em liberdade assistida também serão inseridos, estes obrigatoriamente como forma de participação em um projeto socioeducativo.O custeio do projeto em Flórida Paulista partirá inicialmente do Poder Judiciário através da arrecadação do fundo de execuções penais e posteriormente deverá ser administrado e custeado pela Prefeitura Municipal.

REPORTAGEM: JORNAL FOLHA REGIONAL

Compartilhe: Facebook
Leia Também